SEARA DA CIÊNCIA


FLUIDOS
Efeitos da Pressão Atmosférica.

Objetivo

Ilustrar os efeitos da pressão atmosférica.


Descrição

Existem muitas formas de mostrar os efeitos da pressão atmosférica. Como você sabe, a pressão atmosférica pode ser considerada como razoavelmente intensa, mas não sentimos seu efeito sobre nosso corpo por haver equilíbrio entre ela e a pressão de nossos fluidos internos.
Veja, a seguir, três experiências que exibem os efeitos da pressão atmosférica de forma dramática.

EXPERIÊNCIA 1) A pressão atmosférica segura um cartão colocado sobre um copo com água. Ponha o cartão sobre um copo cheio de água, deixe-o molhar e inverta o copo rapidamente. Em princípio, a água não deve derramar imediatamente pois a pressão atmosférica segura o cartão.

EXPERIÊNCIA 2) Coloque uma vareta longa de madeira não muito dura sob uma folha de jornal aberta sobre uma mesa (veja a figura). Dê um golpe seco e rápido sobre a ponta da vareta com um objeto sólido. A vareta deve quebrar sem que o jornal se levante significativamente. A pressão atmosférica sobre o jornal impede que a ponta da vareta abaixo dele se levante.

EXPERIÊNCIA 3) Ponha um pouquinho de água em uma lata vazia de refrigerante e aqueça até ferver a água. Segure a lata com uma pinça apropriada, com cuidado para não se queimar nem queimar seus espectadores. Quando a água estiver fervendo ( o vapor de água deve estar saindo bastante pelo furo) derrame o resto de água fervente e coloque a lata com o furo para baixo sob uma torneira de água fria. A lata deve implodir instantaneamente.


Análise

Para sentir ou evidenciar os efeitos da pressão atmosférica é necessário fazer com que ela atúe sobre algo que esteja a uma pressão mais baixa. Nas três experiências descritas acima cria-se, durante um curto tempo, uma região de vácuo parcial. Na experiência com o jornal, por exemplo, o movimento brusco da vareta cria um vácuo sob o jornal, por um breve instante. A pressão atmosférica sobre a parte de cima do jornal, durante esse breve tempo, faz uma força para baixo que segura o jornal sobre a mesa. Rapidamente, o ar ocupa o espaço sob o jornal equilibrando as forças, mas aí já é tarde: a vareta já se partiu com a pancada.

Por que a lata de refrigerante implode? Ao ser colocada em contato com a água fria o vapor na lata transfere calor para a água de fora através do metal da lata. Quando esse vapor esfria a pressão na lata cai subitamente para um valor abaixo da pressão atmosférica, a lata não suporta e implode.


Material

Copo de vidro de paredes grossas.
Cartão ou folha de papelão.
Vareta de madeira fina e longa.
Folhas de jornal.
Lata de refrigerante vazia, dessas de paredes bem finas.
Pinça grande de laboratório. Peça uma emprestada.
Aquecedor ou pequeno fogareiro, ou um bico de Bunsen.


Dicas

Além dessas experiências, você pode encontrar várias outras sugestões sobre os efeitos da pressão atmosférica nos livros-textos. Por exemplo, leia sobre a experiência clássica dos Hemisférios de Madgeburgo e tente reproduzí-la usando dois sugadores de borracha, desses de desentupir pia.

Ponha cartazes mostrando valores numéricos para a pressão atmosférica. Faça comparações com pressões no fundo do mar, no alto de uma montanha, etc.

Consulte nossa seção TINTIM POR TINTIM onde juntamos muitas informações sobre a pressão atmosférica e seus efeitos.